Como escolher um curso de Mesa Radiônica.

Como escolher um curso de Mesa Radiônica.

Se você ainda não usou uma mesa radiônica, ainda vai ser levado a isso. Mais que um modismo, a técnica de intervenção energética promete abrir grandes mercados nessa tecnologia virtual.

A mesa radiônica é uma prancha onde os símbolos ordenados, orientados por uma técnica de intervenção mental, ativam suas frequências em prol de algum problema energético, dissolvendo-o. Usa-se um pêndulo para operá-la.

Num mundo onde temos a linguagem da energia, das vibrações, terapias, reina a mesa radiônica, técnica que pode assertivamente recolher, acoplar, sintonizar e distribuir energias.

Os nomes parecem bem difíceis, mas a técnica em si é muito simples, qualquer pessoa treinada pode operar, não necessitando de aptidões especiais. Porém, quanto mais conhecimento, maior o campo de abrangência. Muito útil para uso particular nos consultórios de terapeutas.

Existe uma grande quantidade de mesas no mercado, é preciso escolher muito bem qual curso vai fazer, para que isso não seja uma experiência desastrosa e frustrante. E assim como tudo, há formações muito boas e outras nem tanto.

Mesa radiônica se escolhe por sintonia. Segue abaixo dicas preciosas para fazer uma boa escolha:

Sintonia visual
Escreva na sua página de busca MESA RADIÔNICA e escolha a opção ‘imagens’. Observe atentamente as fotos que aparecem, vá rolando a tela devagar e sentindo todas, depois inicie novamente e observe os detalhes, qual mesa você se sentiu atraída (o)? Acesse o site da mesa escolhida e veja a proposta do curso.

* A primeira sintonia se faz pela imagem.

Sintonia lógica
Localize os seguintes critérios: qual o nome da mesa, qual sua proposta, e quem é o criador ou ministrante. Se não for o criador que ministra o curso, procure saber se a pessoa escolhida tem autorização dele para ministrar.

*Há dezenas de mesas que não passam de cópias de cópias. Se você não conseguiu identificar o nome, o criador, ou não tem o conteúdo programático do curso, desconfie dessa formação. O profissional sério não tem medo de se apresentar. Põe seu curriculum e foto, e está assumindo o seu trabalho. Não precisa se esconder atrás de avatares.

Sintonia emocional
Procure assistir no YouTube o seu ministrante falando, e veja se o jeito dele, as palavras, o modo de se direcionar estão em sintonia com suas crenças, se transmite confiança e se sente simpatia. Atente às verdades oferecidas, aprenda a sentir com o seu coração, se não se sentiu seguro, é bom pesquisar um pouco mais.

* Segue a mesma regra da sintonia lógica.

Sintonia espiritual
A grande maioria das mesas radiônicas, embora se denominem quânticas, se baseiam em alguma egrégora espiritual, procure saber se é a mesma que a sua.

*Os seres humanos são classificados por níveis de consciência, logo as mesas também. Estar sintonizada com a técnica é muito importante. E dentro dessa técnica, a fé é um fator essencial (caso escolha uma mesa com egrégoras espirituais). Há também aquelas que são mais universalistas ou mentais, onde a fé não é um fator importante, e sim a técnica e a consciência em si. Procure a que fale ao seu coração.

Dicas
Uma vez escolhido o seu curso, agora é a hora de ver a parte técnica. Você fará um investimento, por isso, não tenha vergonha de perguntar e pedir a grade do curso e condições.

A mesa e outros possíveis materiais já estão inclusos no valor?
Tem certificação válida?
Tem suporte em caso de dúvidas?
Tem opção online caso não possa ir em um presencial?
Se passou por tudo isso, agora você está mais segura (o) com sua decisão. Faça sua reserva e capriche na escolha do pêndulo (dê preferência para os mais resistentes).

Dicas dos cursos

A liberdade de pensamento é um fator primordial nessa técnica, assim como o respeito, amor e acolhimento. Caso sinta algo diferente disso, volte ao ponto 1 e comece novamente, procurando saber onde errou para não repetir o erro na nova escolha.

 

Régia Prado 2017

Sem comentários

Post A Comment